top of page
  • Foto do escritorAudium

A Absorção das Corujas

No meio natural, uma das principais armas de um bom predador é a discrição. Nesse aspecto, a coruja ganha um destaque muito especial!

Por muito tempo acreditou-se que as corujas tinham uma técnica ou estratégia de voo especial, por isso mais silenciosa. No entanto, isso não é verdade, o segredo está em sua plumagem. Enquanto as penas de outras aves criam um som a partir da borda traseira, o estudo realizado por Jaworski e Nigel Peake, na Universidade de Cambridge, no Reino Unido, mostrou que as penas da coruja têm uma superfície porosa que parece absorver o som e reduzi-lo.

Se você já ficou impressionado com essa informação, a próxima me deixou ainda mais perplexa com a perfeição da natureza: já notou que o vento gerado pelo movimento das asas da coruja não move nada sob ou em torno do animal? Mover folhas acabaria entregando o ataque! Bom, esse é um segundo fator que foi descoberto no estudo e que tem a ver com a área frontal das asas. Elas têm penas muito duras que conseguem "pentear "o ar fazendo, ao se movimentarem, o som ser reduzido ao máximo.

Ah...não acabou não. Somado a tudo isso, as asas das corujas têm uma espécie de camada protetora. Ela apresenta uma substância semelhante a uma cera, que recobre todas as penas, que faz o trabalho de absorver o barulho, como acontece quando temos um tapete sobre o chão. A aspereza da superfície parece absorver e abafar o ruído a um nível quase imperceptível. Dessa forma, o vôo das corujas realmente se torna extremamente silencioso.

Ficou curioso? Nesse vídeo, dá para ver que, se uma coruja voasse a poucos centímetros da nossa cabeça, nem perceberíamos:



Se despertou alguma dúvida, escreve para nós esclarecermos num próximo post.

E se esclareceu essa questão para você, conta para a gente aqui embaixo.


Conheça nosso canal do YouTube: youtube.com/audiumacustica


E acompanhe nosso Instagram: instagram.com/audiumacustica

13 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

BLOG

bottom of page