• Audium

O ruído urbano prejudica as habilidades dos animais

Você já viu estudos que mostram como o mundo seria sem determinado animal? O Museu do Amanhã, no RJ, traz um norte sobre isso e mostra como NÓS humanos temos sido uma praga nesse mundo.





Estudos em Oregon (USA) comprovou que a redução do ruído do tráfego devido a pandemia, modificou o comportamento de pássaros, inclusive seu canto.





Bom né?! Um habitat menos ruidoso é uma boa notícia para a natureza.


Triste é a constatação de que o ruído urbano “normal” afetava negativamente e não só o canto pássaros. Estudos foram mais afundo e descobriram que a poluição sonora tem prejudicado as habilidades destes animais.


Habilidades como buscar comida e de resolver outros tipos simples de problemas, como tirar uma folha de cima da comida. Ahh... os testes foram realizados com pássaros tipo tentilhões-zebra (foto). A conclusão é de que sem o ruído de tráfego dobra-se o sucesso dos pássaros nessas tarefas. Isso não é incrível?


Além disso, o ruído prejudica grilos de diferenciarem parceiros em potencial para acasalamento, ou seja, afeta diretamente o processo reprodutivo.





O pensamento de que coisas assim são irrelevantes ficam pra trás quando entendemos como o equilíbrio na natureza é fundamental para nosso bem-estar.


Por isso, neste estudo, o professor Christopher Templeton, da Pacific University, desabafou assim:


"É muito triste [...] está ficando muito, muito difícil encontrar ambientes totalmente silenciosos que não sejam tocados pelo ruído humano. Mas podemos mudar as superfícies das estradas, pensar em redesenhar os pneus de um veículo...”

Eu concordo com ele e vale registrar de que já existem muitas tecnologias para minimizar o atrito entre a roda e o asfalto. Só falta implementar!


Que nossa ciência não se engane pensando em facilitar a vida apenas de nós, humanos, pois o bem-estar do “nosso habitat” depende deste equilíbrio com a fauna e a flora.


Débora Barretto - AUDIUM


Se despertou alguma dúvida, escreve para nós esclarecermos num próximo post.

E se esclareceu essa questão para você, conta para a gente aqui embaixo.


Conheça nosso canal do YouTube


E acompanhe nosso Instagram


7 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

BLOG