• Audium

Escola é condenada a indenizar vizinho

Atualizado: 28 de Set de 2020

É incrível como muitos empresários não se importam em cometer excessos quando se trata de ruído. E desta vez, eu me refiro a escolas. Sim, escolas!

Quero contar um caso incrível que vivemos aqui na Audium: certa vez, um cliente chegou até nós beirando a loucura por conta do arrastar de carteiras da escola vizinha.

Todos os dias da semana, antes e depois das aulas, o pessoal da limpeza arrumava as cadeiras das dezenas de salas e arrastavam sem dó, provocando um ruído intenso por um certo período às 7h30 da manhã, às 12h30 e por fim, em torno das 17h00. Sua saúde já estava bem impactada por conta disso e ele estava entrando na justiça. O grande problema era o atrito entre 2 elementos rígidos: os pés das cadeiras e o piso. Seria essa a solução?


O fato é que a perturbação mais comum de vizinhos com relação aos ambientes educacionais é proveniente de eventos como gincanas, festivais e campeonatos q às vezes, duram um dia ou até todo o final de semana e os vizinhos são obrigados a conviver, ou melhor, a suportar.

Sabia que recentemente a justiça condenou uma escola que teve de indenizar os vizinhos que foram desrespeitados?

Conflitos iniciais levaram as partes a um acordo judicial, em que a escola não poderia exceder os limites de emissão de ruído e devia comunicar com antecedência caso fosse fazer algo que extrapolasse estes limites.

No entanto, ocorreu o descumprimento, os limites sonoros foram excedidos e além disso não houve aviso prévio, portanto a escola foi condenada por danos morais. Vale registrar de que poluição sonora é crime ambiental!

Infelizmente, a maioria das escolas, apesar de contraditório, não demonstra educação! Mas em parte isso é responsabilidade do projetista q na maioria das vezes não muitas vezes orienta sobre a necessidade da consultoria acústica.

Geralmente, a procura por soluções vêm até nós após muita reclamação, mas ainda bem q está crescendo a quantidade de colégios/universidades que procuram se adequar acusticamente desde o início. O ótimo Manual da ProAcústica, do qual participamos ativamente da elaboração do conteúdo, trata do tema. Alunos, professores e as comunidades agradecem!


Sejamos todos conscientes e tenhamos cuidado uns com os outros.


Se despertou alguma dúvida, escreve para nós esclarecermos num próximo post. E se esclareceu essa questão para você, conta para a gente aqui embaixo.

Conheça nosso canal do YouTube e acompanhe nosso Instagram

15 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

BLOG